fbpx

Saiba qual a função do gerente na gestão de um posto de gasolina

O crescimento das áreas urbanizadas e do número de carros em circulação aquece cada vez mais o mercado de postos de combustíveis. Em um meio tão competitivo e onde parece difícil pensar fora da caixinha, ações estratégicas são fundamentais para colocar o seu posto como referência. E se há uma figura central neste processo, esta certamente é a do gerente de posto de gasolina.

Este profissional lida com uma rotina bastante complexa, atendendo simultaneamente a várias demandas. O gestor do posto se responsabiliza pelas finanças, pelo trabalho da equipe de funcionários, pela qualidade dos serviços prestados (tanto na pista de abastecimento quanto na loja de conveniência), por pensar estrategicamente em ações para o crescimento da empresa, entre outras atribuições que serão detalhadas abaixo.

Fluxo de caixa

Antes de tudo, é preciso destacar que o gerente possui um papel determinante nas finanças da empresa. O gerenciamento do fluxo de caixa é uma de suas atribuições. Esse trabalho envolve o pagamento de contas e salários, o acompanhamento da margem de lucro, ações para conter gastos, entre outros processos que exigem atenção minuciosa, já que erros de lançamento de valores podem acarretar em grandes prejuízos.

Gestão de pessoas

Para além da gestão financeira, o gerente de posto precisa ser ainda um ótimo gestor de pessoas. É a partir do seu crivo que haverá a distribuição de tarefas de forma estratégica entre sua equipe de funcionários. Um exemplo é a definição de metas de vendas, que perpassa pela capacidade do gestor em municiar a equipe de informações necessárias para colocar em prática as ações estratégicas.

Ainda neste campo, o gerente também atua como o coordenador da equipe em atividades mais rotineiras, como escalas de trabalho, folgas e a própria supervisão dos funcionários. Construir um bom relacionamento também ajuda a diminuir a taxa de turnover, ou seja, a rotatividade de funcionários dentro da empresa – algo que normalmente está ligado a um ambiente de trabalho ruim ou propriamente uma insatisfação com a gestão.

Controle da qualidade

Outra frente liderada pelo gerente é a supervisão da qualidade dos produtos e serviços. É preciso cuidado com a qualidade do combustível comprado, por exemplo. Entre os serviços, o atendimento merece cuidado, pois basicamente é o que fará diferença na fidelização dos clientes, já que os preços praticados pelos postos são muito parecidos.

E as preocupações não se limitam à pista de abastecimento em si. Se a loja de conveniência não for terceirizada, o gerente também se responsabiliza pelo controle e reposição de estoque, sempre em contato direto com os fornecedores. A qualidade deste funcionamento também é uma ferramenta para angariar novos consumidores.

Em suma, o gerente de posto de gasolina é uma espécie de braço direito do proprietário. Se existe algo em comum entre todas essas atribuições é justamente a necessidade de tomar a decisão certa em todas elas. Dada a dificuldade deste desafio, cada vez mais gestores estão investindo em sistemas de automação, que facilitam as rotinas diárias e auxiliam as tomadas de decisões.

A Quality Automação é líder no desenvolvimento de sistemas gerenciais e de automação comercial para postos de combustíveis e residências. Quer incorporar essa tecnologia no seu posto? Cadastre-se em nosso site!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *