5 COISAS QUE NÃO PODEM FALTAR NA AUTOMAÇÃO DE POSTOS DE COMBUSTÍVEIS

A automação tem se tornando uma prática cada vez mais comum e necessária para os postos de combustíveis brasileiros, afinal a tecnologia pode ajudar – e muito – a reduzir os custos operacionais, permitindo a centralização de toda a gestão e garantindo a competitividade geral do negócio.

Os sistemas para postos de gestão antigos não ofereciam a segurança e a tranquilidade que a automação permite atualmente, por isso é preciso entender como esse processo realmente funciona e quais são os elementos essenciais para atender às suas necessidades.

A seguir separamos 5 coisas que não podem faltar na hora de automatizar um posto de gasolina e que são essenciais para o sucesso da operação.

1) Concentrador Universal de Bombas (CUB)
O Concentrador Universal de Bombas é um equipamento fundamental para realizar a automação de postos de combustíveis, uma vez que permite o monitoramento das informações enviadas pelas bombas de combustível e pelos dispensers de GNV.

O CUB então envia essas informações a um servidor que concentra o software de configuração do equipamento e o software de monitoramento das bombas (podendo também ser um serviço na nuvem), que deve estar integrado aos demais sistemas gerenciais do posto de combustível.

2) Módulo GSM
Esse equipamento permite a comunicação entre os diversos dispositivos de automação sem a necessidade de cabos, permitindo a criação de uma rede de comunicação interna de forma segura e eficiente.

3) Servidor de Aplicação
O servidor concentra os softwares cruciais para o monitoramento da automação de um posto, e deve ser um sistema de hardware robusto e seguro que deve receber manutenção constante.

Problemas no servidor ou com o CUB podem acarretar na paralisação das bombas até que a situação esteja resolvida, por isso a manutenção e instalação desses equipamentos devem ser feitas por especialistas.

4) Software de automação
Esse é um dos protagonistas da automação, podendo influenciar não apenas na operabilidade do posto mas também no faturamento e na segurança geral do negócio. Existem excelentes serviços na nuvem e softwares locais de automação, mas o ideal é se informar bem antes de escolher o software que melhor se enquadra melhor nos seus objetivos gerenciais.

De qualquer forma, o software deve ter suporte para uma gestão financeira e fiscal completa, gestão de vendas tanto do posto de combustível quanto da loja de conveniência, gestão de estoque e deve ter integração total entre o CUD, o identificar do frentista e o medidor de tanque com o PDV, tudo em um único serviço.

5) Profissionais qualificados
De nada adianta investir pesado na automação do seu posto de combustível se a equipe de funcionários não souber utilizar esses equipamentos e sistemas. Antes mesmo da aquisição dos mesmos é preciso realizar um treinamento completo com os colaboradores, evitando assim maiores problemas operacionais.

Gostou do artigo? Descubra ainda mais vantagens na automação do seu posto de combustíveis acessando o site da Quality Automação em: qualityautomacao.com

Você também pode fazer parte da nossa equipe e ser parceiro do melhor software para postos de combustíveis do Brasil, acessando: qualityautomacao.com/parceiros/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *